Tudo o que você precisa saber sobre Whey Protein

Tudo o que você precisa saber sobre Whey Protein
11 de maio de 2016 admin

Time-4-Tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-Whey-Protein.jpg

Se você deseja dar um “up” na sua dieta e procura algo para ajudar na reposição de proteína logo após os treinos, precisa conhecer o suplemento Whey Protein. Sabemos que não seria prudente ingerir nada que você não conheça, por isso preparamos um post pra você, falando tudo sobre esse suplemento, que faz tanto sucesso entre a galera da academia e o pessoal adepto a vida saudável.

O que é Whey Protein?

É um suplemento que consiste de uma proteína que tem altíssimo valor biológico. Essa proteína é proveniente do soro do leite e também da caseína. O Whey Protein é a base para a construção muscular, bem como ajuda na manutenção da função imune, uma vez que contém muitas imunoglobulinas e lactoferrinas.  

O Whey sendo uma proteína de alta qualidade acaba sendo ótimo para o desenvolvimento e ganho de massa muscular, assim como para o emagrecimento. Além disso, o ponto positivo deste suplemento consiste na rápida absorção. Estima-se que em mais ou menos 40 minutos, se atinja o ápice da síntese química dos aminoácidos (BCAA) e proteínas no sangue. Uma absorção evidentemente mais rápida do que a que se obtêm através de alimentos naturais, fontes de proteínas como o frango e peixe.

Existem diferentes tipos de Whey Protein?

Há diferentes tipos sim, indicados para cada meta e situação. Vamos a eles:

Hidrolisado

No momento da fabricação, esse tipo de Whey passa por um procedimento chamado hidrolise enzimática, o que significa que as moléculas de proteína serão quebradas em partículas menores. O resultado final é um ótimo suplemento, com ação muito rápida e fácil, que faz com que o corpo absorva quase 100% da quantidade que for ingerida, e o melhor de tudo, livre de gordura e lactose. Esse tipo de Whey também é usado na medicina.

Isolado

Já na fabricação do Isolado, o produto passa por um procedimento chamado de microfiltração, ou pode ser chamado de troca iônica. Depois do processo, o resultado é um Whey mais puro, livre de gordura e com baixíssimo teor de lactose. O organismo poderá ter uma absorção de quase 95% da proteína fabricada dentro dessa técnica. Sua absorção também é rápida, porém, com a diferença de que se perde um pouco em relação a versão da proteína hidrolisada.

Concentrado

E por fim, esse tipo de Whey é fabricado dentro da técnica de ultrafiltragem, que mantém segura grandes moléculas de proteína. Já nesse tipo, haverá gordura e lactose e a capacidade de absorção pelo organismo pode ser de até 80%. Mesmo assim, ainda é uma potente fonte de proteína.

Há contra indicações no uso de Whey Protein?

Primeiramente, é obvio que sendo um suplemento extraído do soro do leite, pessoas que têm intolerância a lactose não deverão ingerir. Outro ponto importante a ressaltar é que, por ser uma fonte de proteína, o consumo em excesso sem a ingestão de bastante líquidos pode sobrecarregar os rins, assim como qualquer ingestão ou outra proteína em excesso, sem o devido cuidado também sobrecarregaria. Ou seja, há muitos mitos sobre as contra indicações no uso deste suplemento, porém, nada além do que estas citadas.

Agora que você conhece a origem do Whey Protein, os diferentes tipos e como reagem no organismo, poderá escolher o que melhor se adapte a sua rotina de exercícios e dieta e aplicar esse hábito saudável ao seu dia a dia.

Quer ficar sempre por dentro das novidades e dicas do nosso canal? Então siga nossa página do Facebook e fique por dentro de tudo o que acontece por lá!

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.