O que comer antes – e depois – da atividade física?

O que comer antes – e depois – da atividade física?
10 de junho de 2013 admin

Essa é a dúvida frequentemente discutida que não quer calar. O que se deve comer, afinal, antes ou depois de treinar? Nós já sabemos o quanto a prática regular de exercícios é importante tanto para a saúde, quanto para o bem estar e melhor funcionamento do corpo. Mas para que isso realmente ocorra, a alimentação saudável também faz parte da rotina antes e depois o esforço físico.

O certo é alimentar-se, no máximo, até meia hora antes, no caso da ingestão de alimentos não exagerados, como lanches. E duas horas antes, quando for uma das refeições principais. E fique atento: se exercitar de barriga vazia não adianta nada, além de ser desconfortável por conta da fome, tal ato baixa o nível de açúcar no sangue, o que pode provocar tontura, mal-estar e até mesmo um ocasional desmaio.

Mas afinal, quais alimentos podem ser ingeridos sem que prejudique o treino? Segundo a nutricionista Maria Luisa Belotto, img_20120424_1042271especialista em nutrição esportiva, o ideal é comer pequenos lanches. Entre esses, podemos destacar: frutas, sucos naturais, bolachas sem recheio, barrinhas de cereais, lanches de pão com queijo e iogurtes, que são leves e de baixo ou médio índice glicêmico, ou seja, alimentos que não interferem muito no nível de açúcar do sangue pela baixa quantidade de carboidratos.

Além disso, fibras e nutrientes ricos em proteínas devem ser evitados, pois exigem um esforço maior para serem digeridos,   aumentando então a possibilidade de atrapalhar o rendimento do corpo durante as atividades físicas.

E após os exercícios? Aí, é exatamente o contrário! O mais indicado é priorizar alimentos ricos em carboidratos, para repor rapidamente a energia perdida. Ademais, as proteínas também são boas opções, já que são capazes de recuperar as fibras musculares destruídas no treino. Já as vitaminas e minerais, são responsáveis por combater os radicais livres (moléculas que aceleram o envelhecimento do organismo) gerados pela atividade física.

Fonte: Portal Vital

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*