Mitos e verdades sobre a dieta da proteína

Mitos e verdades sobre a dieta da proteína
21 de dezembro de 2016 admin
Time 4 Mitos e verdades sobre a dieta da proteína

Time 4 Mitos e verdades sobre a dieta da proteína

O conhecimento popular classifica as dietas da proteínas como aquelas em que é permitido comer apenas proteínas. Na realidade, essas dietas priorizam o consumo de proteínas, mas isso não acontece com exclusividade. Ela começou a ficar conhecida a partir da dieta de Atkins, que ficou famosa por incentivar o consumo irrestrito de proteínas não gordurosas e a proibição da ingestão de carboidratos. Conheça agora os mitos e verdades sobre a dieta da proteína.

A dieta da proteína favorece a perda de peso

A perda de peso acontece em todas as fases da dieta da proteína. Na primeira delas, conhecida como fase de ataque, ocorre a perda de gordura, mas também de líquidos e massa muscular. Por esse motivo essa etapa não deve ser muito prolongada. Em seguida, quando entra a manutenção da dieta, acontece a maior parte do emagrecimento propriamente dito.

Ela nos deixa mais fracos ao longo do dia

Essa é uma afirmativa verdadeira. Isso porque a maioria das dietas da proteína restringem a quantidade de carboidratos ingeridos ao longo do dia. Essa substância é a nossa principal fonte de energia rápida, ou seja, ela fornece energia para ser consumida pelo corpo imediatamente. Quando diminuímos a ingestão de carboidratos, o corpo passa a procurar energia em outras fontes, de metabolismo mais lento.

O intestino funciona normalmente

O pleno funcionamento do intestino depende basicamente na ingestão de líquidos e fibras. Na dieta da proteína, o corpo não recebe a mesma quantidade de fibras que está acostumado. Isso impacta no funcionamento do intestino, que pode ficar mais lento. Por esse motivo, é fundamental tomar bastante água durante todo o processo.

Da para fazer sem acompanhamento médico

Para qualquer regime alimentar, seja a dieta da proteína ou até mesmo a reeducação, é fundamental contar com o acompanhamento de um profissional. Isso porque ele irá realizar a avaliação das suas condições de saúde e receitar a melhor dieta para cada caso. É possível ter a alimentação com livre ingestão de proteínas, mas apenas o seu corpo poderá dizer como ela será melhor aproveitada.

A dieta da proteína aumenta a massa muscular

O consumo de proteína está popularmente ligado ao aumento da massa muscular. A verdade é que a dieta da proteína não contribui para esse objetivo. Na realidade, para que aconteça a hipertrofia muscular, é fundamental manter uma dieta equilibrada na ingestão também de carboidratos. O papel dos suplementos alimentares é ajudar na recuperação dos músculos após o exercício físico.

Pode comer mais gordura fazendo essa dieta

A dieta dos seres humanos é baseada em gorduras, carboidratos e proteínas. Juntas, essas substâncias fornecerão o combustível para o corpo funcionar. Na dieta da proteína, uma vez que os carboidratos serão cortados, acontece consequentemente um aumento do consumo de gordura. Esse é um ponto importante que deve ser levado em consideração ao adotar essa alimentação, principalmente para pessoas que têm colesterol alto.

A dieta da proteína é famosa por seus resultados rápidos e possibilidades alimentares. Ela é dividida em fases, que devem ser respeitadas com disciplina. Acima de tudo, é fundamental ter acompanhamento médico sempre e aumentar a ingestão de água.

Está pensando em fazer a dieta da proteína? Conte nos comentários como você pretende manter a disciplina!

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.