Entenda o que são gorduras boas e gorduras ruins

Entenda o que são gorduras boas e gorduras ruins
27 de junho de 2017 Time4
Entenda o que são gorduras boas e gorduras ruins

O consumo de gordura é sempre um assunto polêmico e existem diversas pesquisas e estudos frequentes sobre isso.

A melhor maneira de manter a gordura em sua alimentação de forma saudável é ficar atento a essas informações para saber distinguir o que é bom e o que pode prejudicar, isto é, o que são gorduras boas e gorduras ruins. As gorduras boas são chamadas de gorduras insaturadas enquanto as ruins podem ser saturadas ou trans.

Conheça a gordura boa

A gordura boa ou insaturada ajuda a reduzir os triglicerídeos e o colesterol ruim do sangue, elevando os níveis de colesterol bom e as placas nos vasos sanguíneos. Por isso, está completamente ligada à saúde do coração e diminui episódios de hipertensão, derrame cerebral e infarto.

Além disso, atuam na manutenção celular e no desenvolvimento cerebral. A gordura boa pode ser encontrada em diversos tipos de alimentos:

  • Peixes como o salmão, arenque, atum e sardinhas.
  • Azeite extravirgem e óleo de coco.
  • Nozes, avelã e semente de chia.
  • Abacate e açaí.
  • Ovos, queijo branco e chocolate escuro.

Como evitar gordura ruim?

Também conhecida como gordura saturada e gordura trans, a gordura ruim, se for ingerida em excesso trabalha contra os efeitos das gorduras boas.

A gordura saturada aumenta o nível de colesterol ruim no sangue e os riscos de doenças cardiovasculares. Quando muito consumida, podem levar a diabetes tipo 2.

Já a gordura trans são óleos vegetais que passaram por um processo de hidrogenação para transformar os líquidos em gorduras sólidas. Os alimentos que possuem gordura ruim e devem ser evitados são:

  • Aves e carnes vermelhas (quando consumidas em excesso).
  • Óleos hidrogenados, azeite de dendê e bacon.
  • Biscoitos recheados e produtos panificados.

Substitua a gordura ruim pela gordura boa 

Uma maneira de manter a alimentação saudável é sempre que puder substituir alimentos com gordura ruim por outros que contenham gorduras boas. Você consegue isso aprendendo a ler o rótulo dos produtos alimentícios, que são obrigados a informar o tipo e a quantidade de gordura que possuem.

No lanche, por exemplo, troque os biscoitos recheados por iogurtes, sanduiches naturais e frutas.

Na hora de comprar a carne, fique de olho nos cortes menos gordurosos como a maminha, o filé mignon e o coxão mole. O ideal é consumir mais frangos e peixes.

Com algumas mudanças é possível fazer ótimas substituições e ainda potencializar as dietas para emagrecer ou a dieta da proteína.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*